Cirurgias plásticas em Fortaleza | Natal | São Luís

Dr. Davi Pontes

CIRURGIÃO PLÁSTICO | CRM 11052

Portuguese English French Italian Japanese Spanish

gg1

 

Lifting de coxa: prós e contras da cirurgia que retira flacidez nas pernas

coxa

O que é a lifting de coxa
O lifting de coxas trata a frouxidão de pele pendente e excesso de gordura localizada tratando a parte estética e funcional dessa região. As alterações nas coxas podem resultar de grande perda de peso, gestação, idade, força da gravidade e perda da elasticidade da região. A técnica ajuda a remodelar principalmente a região interna da coxa, mas pode também ajudar a parte lateral e nas regiões do culote. A finalidade é melhorar o contorno corporal e não a perda de peso, a cirurgia deve ser encarada apenas como um coadjuvante para minimizar o excesso de pele e gordura do abdômen. Em pacientes comprometidos com um estilo de vida saudável, exercícios regulares e deita balanceada, a durabilidade dos resultados se torna quase definitiva.

Indicações do lifting de coxa
Para pacientes com flacidez de pele com ou sem excesso de gordura na coxa. A alteração pode ser apenas localizada perto da virilha (raiz da coxa) ou se estender até perto do joelho.

Pré-requisitos para o lifting de coxa
Pacientes submetidos à cirurgia bariátrica ou grande perda de peso devem ter liberação do seu cirurgião geral. De maneira geral, esperamos a perda de 40% do peso para que o procedimento estético-funcional possa ser realizado após 12 a 18 meses de estabilidade do peso.

Ter alta motivação, emocionalmente estáveis, otimistas e realistas com a limitação do procedimento também são pré-requisitos importantes para a realização do lifting de coxa.

É importante que o paciente seja não fumante ou que pare de fumar até um mês antes da cirurgia e em definitivo durante todo o processo de recuperação cirúrgico. O tabagismo aumenta cerca de quatro vezes as chances de ocorrer complicações pós-operatória. O paciente não deve ter infecção ou doença dermatológica ativa na área a ser operada, ou alguma contraindicação médicas para ser submetido a procedimento cirúrgico.

Pós-operatório do lifting de coxa
É necessário repouso relativo domiciliar por no mínimo cinco a sete dias. Deve-se lavar a região operada com água e sabão e manter sempre seca para evitar infecção ou fungo. Evitar abrir muito as coxas, pois os pontos ficam na parte interna da coxa e podem se abrir se forçar muito.
Deve-se evitar tabagismo 1 mês antes e depois da cirurgia até que a cicatrização esteja mais resistente ao movimento das coxas. É possível andar já no dia seguinte da cirurgia, mas sempre mantendo as coxas fechadas para não forçar a cicatriz. Pode trabalhar sem esforços, se não tiver intercorrência ou complicação, a partir de cinco a sete dias.

Antes e depois do lifting de coxa
É esperada a melhora do contorno e forma da coxa, ocorrendo em aproximadamente em quatro a seis semanas decorridas da cirurgia. Drenagem linfática pode ajudar a diminuir mais rápido o inchaço.
A cicatriz varia conforme a indicação da técnica escolhida. Pode ser de apenas pequenas cicatrizes de dois a quatro milímetros para a retirada de gordura com cânulas pequenas e delicadas (nesses casos, é necessário que a pele tenha muita elasticidade e sem flacidez). Pode ocorrer cicatriz apenas na raiz da coxa (perto da virilha) ou se estendendo até a parte interna da coxa na altura do joelho (em casos com grande excesso de pele e gordura).

Fonte: minhavida

selo

canal4
fanpage
localizacao

medico-consulta-com-br